[Tanto tango, tanto dolor] Meu bem, meu bem

É exatamente naquela hora que eu não sei o que falar, que eu não paro de falar. O meu medo de não conseguir dizer nada me faz dizer coisas que eu nunca imaginei algum dia falar. Te falar.

Te falar que se eu soubesse como, eu pararia pra pensar, e quem sabe até saberia o que escrever, mas não é tão simples. É complicado falar sem ouvidos para entender.

Agora não adianta me ligar, pra me dizer pra te deixar. Eu sei que as coisas mudam, e que não teriam graça se não mudar, mas não me deixa de fora, me deixa dançando essa música, que é isso que eu quero dançar.

É, eu sei que tu não vai ligar, mas vai sair por aí pra procurar alguém pra ocupar o meu lugar, mas faz algum sentido?

Tu não fazes mais sentido. Não há sentido, se não vieres comigo.

One thought on “[Tanto tango, tanto dolor] Meu bem, meu bem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s