[Tanto tango, tanto dolor] Quando você se libertar

Será que tu saberias o que deixar para todos nós que nunca te deixaríamos partir? Era uma incógnita. Ninguém sabia o que esperar. E se chegaste a pensar que poderia estar errando ao tentar mudar tudo, hoje temos certeza que errado seria não ter descoberto o universo que te cerca hoje.

Já que dizem que eu não posso te levar, podes ter certeza, que aonde tu fores, eu estarei lá. E por mais insano que pareça, eu sempre seguirei na tua mesma direção. E provavelmente não estarei sozinha. Eu, nós e mais um exército de fãs estaremos aonde tu estiveres.

Talvez nem tenha tanta razão em tudo isso. Mas quando que a razão teve razão?

Apesar de sempre esperar, há de surgir um novo (bom) motivo que te fará voltar, e dessa vez para ficar. Novos caminhos brotaram, e eu tenho certeza que estas aonde sempre quis estar. E se parece um sonho, ou não, não importa. Está tudo acontecendo.

adios

E agora, aonde tu ainda gostarias de ir? Quem ainda falta procurar? O que mais vai ter fazer sorrir?

One thought on “[Tanto tango, tanto dolor] Quando você se libertar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s