Resenha: Project Rock 5 anos

No último domingo a produtora Project Rock comemorou os seus 5 anos com uma belíssima festa no Anexo B em Porto Alegre.

Tay Galega sobe ao palco para dar início aos shows. Com diversas participações especiais, a energia dos fãs era tanta que, mesmo em um formato acústico, foi impossível não sentir a vibe que circulava ali. O show, como todos os outros da catarinense em solo gaúcho, terminou eufórico, embalado ao som de “chalalalá”, da música Cigana do Teco Martins. Gratidão resume o sentimento.

Tay agora cede o palco para o Esteban iniciar a sua quinta (e não menos esperada) apresentação em Porto Alegre no ano.

Janeiro dá a partida, e o clima melancólico do SLMDTV toma conta do antigo Beco. Canal 12 chega em seguida, para a saudade de todos os amantes do Adiós. As Terças Podem Se Inverter e Visita são cantadas em coro – com direito a mudanças de letra e erradas de palmas!

Tavares está em casa e no meio de amigos. “Ainda volto pra ficar”, reforça. Chacarera da Saudade segue o baile, e o destaque agora é para o gaiteiro: Paulinho Goulart emociona com o seu acordeon e as raízes nativistas.

Para a surpresa de todos (ou pelo menos de alguns), Sophia aparece no meio do setlist. É a consagrada, impossível não cantar junto em todas as suas variações já inventadas. Adiós, Sophia é seguida de um dos possíveis elos entre esses dois álbuns, Cigarros e Capitais vem para animar, angustiar e transbordar saudade (como a imensa entre um músico e uma apresentadora de TV).

Pra Ser, uma das mais bonitas do novo disco, é cantada como se todos ali estivessem apaixonados. E como não ficar?

Martes, Segunda-Feira, Carta Aos Desinteressados, Tchau Radar e Maria vêm em seguida. O público imerge a cada canção e as vozes tornam-se únicas naquele momento.

Pausa no drama-musical para saudar os aniversariantes da noite! Tavares brinda à produtora que sempre agiliza (e muito bem) os bailes por aqui e lembra de algumas piadas internas – onde a dupla GREnal toma destaque.

Pianinho encaminha o show para o final. Tavares não esconde a felicidade de estar tocando em casa, mais uma vez. E como de praxe, Sinto Muito Blues encerra a noite.

 

Mais um show memorável em Porto Alegre!

Que esses 5 anos do Project Rock prosperem e se multipliquem. E que sigam promovendo esses bailes que tanto amamos.